Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa

Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa
Livro que pode ser adquirido diretamente com a autora - clique no banner para conhecer o blog da autora.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

O presente - contos de vampiros



O Presente
Por Adriano Siqueira
Um relato de uma menina de 8 anos sobre o natal

Como sempre a minha família se reunia na sala, perto da arvore, e trazia comigo sempre meu ursinho Medley pra ver a festa!

Mas papai não vinha...e eu estava aflita esperando sua chegada para distribuir os presentes, para todos, como ele sempre fazia desde que nasci!

Mamãe sempre preparava os mesmos doces, meu irmãozinho sempre ficava perto da porta, ( Ele que recebia papai que sempre se disfarçava de Papai Noel) falava sempre que eu era muito pequena para abrir a porta.

Onde ele está?

Será que o shopping está cheio?

Uma vez ele chegou às 2 horas da manhã porque uma loja estava lotada.

Claro que eu sabia que Papai Noel não existia.Meus amigos da escola já tinham me dito isso.


Mas eu gostava de ver papai disfarçado. Era mágico, ele sempre agradava a gente. Alem disso eu era a caçula. Eu sempre ganhava os melhores presentes!

Olha! Era ele! Eu vi o chapéu do Papai Noel pela janela!

Ele bateu na porta e meu irmão gritou:

- Pode entrar!

Mas... Ele quebrou a porta? Pegou meu irmão pelo pescoço, apertou e abriu a boca e tomou o sangue dele! Corri para a arvore de natal e fiquei lá abaixadela e protegendo meu ursinho que estava morrendo de medo!

Não era meu pai! Não podia ser! Mamãe entrou gritando na sala! Aquele monstro a silenciou com um gesto de suas mãos ela ajoelhou perto dele e mostrou o pescoço! Quanto mais ela gritava mais eu abraçava meu ursinho! Eu vi uma luz da janela! Acho que era ajuda dos vizinhos... Não conseguia ver...

Um presente caiu perto da arvore e a voz da janela dizia:

- Abra o Presente Agora!

Aquele monstro estava me procurando! Eu abri a caixa! Era uma cruz! Seu brilho era tão forte que ofuscava meus olhos! Quando Fechei a caixa para que o brilho não me cegasse, o mostro já tinha virado pó!


Papai chegou com a policia e disse que aquele vampiro tinha acabado com a vizinhança inteira!
Postar um comentário

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo