O Sangue dos Vampiros - clique aqui

O Sangue dos Vampiros - clique aqui
conheça mais sobre o livro O Sangue dos Vampiros - 2017

Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa

Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa
Livro que pode ser adquirido diretamente com a autora - clique no banner para conhecer o blog da autora.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015

Os Filhos do Desespero - O Vampiro Neculai ataca



Os Filhos do Desespero

─ Alô
─ Olá Armando.
─ Quem fala? Foi você que sequestrou meu filho?
─ Eu sou Neculai. A Lucimara está gravida e você vai deixá-la sozinha mesmo?
─ Isso não é da sua conta! Responda minha pergunta!
─ Sim! fui eu que peguei seu filho... Ele é de você e da Carla a sua esposa. Mas a Lucimara disse ontem para você que ela estava grávida e você a deixou. Abandonou mesmo sabendo que ela precisava de você.
─ Já disse para me deixar em paz. Devolva meu filho! Mas o quê? Tem dois carros aqui na estrada me pressionando para acelerar.
─ São meus amigos. Vou ser rápido Armando. Joguei vários bonecos na estrada à sua frente. Um deles é o seu filho de um ano. Ele está amordaçado esperando a sua ajuda. você precisa salvá-lo rapidamente pois em dez minutos um caminhão, que está vindo em sua direção, vai passar por cima de todos os bonecos e também do seu filho.
─ Você está louco? Nesta escuridão como vou saber?
─ Nove minutos. São cinquenta bonecos. tem que olhar todos. Seja Rápido e continue falando comigo.
─ Eu já estou verificando um por um seu maluco. Quando eu achar meu filho você vai me pagar.
─ Viu como seu outro filho precisa também de você. Você vai assumir os dois né?
─ Não vou assumir nada. Só quero achar meu filho.
─ Os bonecos estão à dez metros um do outro e estão em lados diferentes da estrada..
─ Seu desgraçado! Eu mato você se acontecer algo com ele.
─ Seu tempo está acabando. A minha fome está aumentando. Estou sentindo o cheiro do seu desespero.
─ Nunca! Vou destruí-lo! Quem você acha que é para fazer isso com as pessoas. Você é um assassino.
─ Armando. Acho que vi os faróis do caminhão. Ele vem em alta velocidade. Seu tempo está acabando.
─ Desgraçado. Pare com isso. Eu assumo o filho da Lucimara. Só salve meu filho.
─ Se eu fosse você saia da estrada o caminhão não vai diminuir a velocidade.
─ Seu louco... você não pode...
─ Tarde demais Armando!
─ Não! Pare! por favor Pare! O caminhão está passando em cima de todos Seu maldito assassino! Matou meu filho.
─ Agora é a sua vez de morrer.
─ Como chegou aqui tão rápido Eu não vou deixarrrghhh.

─ Seu sangue está saboroso. Ah Armando, eu menti ! Seu filho nunca esteve aqui ele já está em casa e seguro. Aqui só tinha os bonecos. Eu queria deixar você desesperado o suficiente para saborear cada gota do seu sangue. Quanto aos seus filhos... Eu vou treiná-los para fazer parte do meu legado.


Por Adriano Siqueira
Postar um comentário

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo