Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa

Livro Luar de Sangue da autora Dione M. S. Rosa
Livro que pode ser adquirido diretamente com a autora - clique no banner para conhecer o blog da autora.

domingo, 12 de abril de 2015

O desespero toma conta da Internet




O Desespero toma conta da Internet
O Vampiro Neculai invade a internet para deixar o seu recado sobre a censura

– Onde estou? que lugar é este?
– Tirem o capuz dele!
– Está bem Alice.
– Quem é você? Por que estou amarrado?
– Meu nome é Alice Zoom, Você está em uma encruzilhada, Suas permas e braços estão amarradas nos quatro carros. Vai ser um show e tanto. Essas são minhas amigas! Cada uma de nós vai entrar nos carros e vamos seguir cada um, um caminho, deixando o seu corpo em pedaços.
– N-não pode fazer isso! É assassinato! Eu não fiz nada!
– Você é o Ulisses. O cara que levou as imagens do metrô para a mídia tentando incriminar o Neculai.
– A Mídia estava pagando bem por mais provas para incriminar o Neculai. Eu queria o dinheiro. Eles pagaram muito por aquele vídeo.
– Sua ganância te levou para a morte.
– Espere! Eu tenho o dinheiro! Podemos dividir com todos aqui. Você e suas amigas podem se divertir depois.
– Já estamos nos divertindo! Antes, Vou deixar este celular do seu lado. Enquanto vamos para os nossos carros ligar os motores. Neculai está ouvindo tudo. Pode falar com ele se quiser.
– Neculai! Desculpe! Eu não queria prejudicá-lo! Por favor! Me tire daqui!
– Ulisses! Você venderia a sua mãe para ganhar um dinheiro e ficar famoso. Não tente implorar agora. Sua vida não vale o dinheiro que tem no bolso.
– Neculai! Eu faço o que quiser.
– Não era isso que queria? Ser conhecido pelos quatro cantos do mundo? Por isso estamos aqui. Para ver os seus pedaços em toda a parte. Ha Ha Ha!
– Não! Por favor eu não quero isso!
– Ficará mais famoso nos jornais amanha! Já até imagino as manchetes "Ulisses ficou despedaçado por causa da sua ganância!" Ha Ha Ha!  Escute! Escute os roncos dos motores Ulisses. Logo você será só uma lembrança!
– Não! Não! Estou vendo você N-neculai! Sua presença é para me perdoar não é? Diga que sim!
– Não Ulisses! Eu vim por causa do seu cheiro!
– Não Naaaaarrgghhhh...
– Isso! Isso! Seu sangue nunca foi melhor como agora! Cheio de desespero para saborear. Mas ainda não acabou. Agora que tomei um pouco do seu sangue vou seguir com o plano. Meninas prossigam! Quero ver os pedaços do Ulisses espalhados para todos saberem o que eu faço com quem me prejudica!  

...
– Alô! Pode Falar Deise Day!
– Neculai, meu querido vampiro, toda a mídia da internet está colocando imagens do metrô tentando incriminá-lo sobre o desaparecimento do vagão. Não existe uma lei que possa proibir essa calúnia?
– Existe uma lei que está sendo liberada pelo governo para isso. A censura da internet pode ajudar muito a minha causa.  Vou aproveitar esta oportunidade e dar um empurrão para acelerar a entrada desta lei. Assim, esses críticos não terão mais como nos atacar. As criticas serão censuradas e poderei continuar com o meu trabalho naturalmente.
– O que vai fazer querido vampiro?
– Vou me divertir um pouco em um Baile Funk.
– Você vai? O que?...
– É uma ironia querida Deise. Pense um pouco e verá que tem sentido.
– Entendi. Se atacar um lugar assim as pessoas se sentirão ameaçadas e dirão que foi por causa do incentivo de críticas excessivas na internet sobre este estilo de prática e a lei pode entrar em vigor mais rápido pois vão se aproveitar desta oportunidade como desculpa para iniciar a censura.
– Só se houver assassinatos em massa. As leis neste país são aplicadas apenas quando existem tragédias. Isso iria me favorecer bastante pois, quem me criticar de maneira abusiva como acontece com os bailes funks, eu poderei me defender e acabar com estas críticas pela raiz.
–  Uma lei assim Neculai, não seria imposta para defender também as criticas ao governo? Como no antigo Ato institucional 5 conhecido como AI-5?
– Por isso você é minha preferida Deise.
– Eu adoro você querido e... Evandro? Espere eu ...
– Neculai é o Evandro. Digamos que hoje você ataque um baile Funk e o que será amanhã Neculai? Um evento de Rock? Pois eles também são geralmente atacados por algumas religiões. E depois de amanhã Será um evento gótico? Pois eles também são frequentemente atacados por alguns grupos sociais.
– Onde quer chegar Evandro?
– A fonte Neculai! Ataque diretamente a raiz. Vá direto nos que jogam um contra os outros. As pessoas são usadas para atacar uma as outras. O culpado é a informação manipulada.
– A Internet. É claro! Um ataque para silenciar tudo, bem ao estilo Sodoma e Gomorra só que virtual. Boa ideia Evandro. Isso deixará muitos em pânico e desespero.
– O que tem em mente Neculai?
– O processo é simples Deise. Um novo amigo meu, o Beto, fez um aparelho que pode ajudar a travar a internet por alguns minutos e direcionar todos os usuários para um único lugar, um único site e lá terá uma mensagem minha.
– O que você precisa para realizar seu plano?
– No momento Deise. Quero meu carro. A Alice Zoom, junto com a sua equipe de corredoras vão me ajudar. Aqui na cidade existem cinco lugares para reconfigurar como escudo sem interferir no sinal do celular. Vou alterar a internet mas a linha funcionará normalmente para falar.
– Desejo sorte meu eterno vampiro.
...
– Alô Neculai! O Celular e a sua roupa já estão no carro.
– Bom trabalho Deise Day. Pode ir para casa. Eu vou aparecer no carro em segundos. Preciso de aulas para colocar a roupa no carro. Sempre é um tormento.
– Alô? Neculai?
– Sim sou eu Alice. Você e a sua equipe receberam o pacote?
– Afirmativo Neculai. O Beto já entregou os pacotes com o chip que deve ser encaixado nas caixas de transmissão. Todas estão indo para os locais que informou. Logo toda a internet será dominada em seu nome.
– Ótimo. Imagino que você pode resolver tudo!
– Sim. Logo todos estarão te seguindo. Você é nosso salvador.
– Eu estou com um carro novo, para me proteger de um ataque caso suspeitem que eu sou o responsável.
– Eu o informarei quando tudo estiver funcionando. Um beijo meu líder. E que seu nome seja reverenciado pela eternidade. Você merece o reconhecimento de todos.
...
– Alô Neculai! É a Deise! O plano deu certo. Todos que entrarem na internet neste momento, estarão vendo a sua mensagem!




"A Censura é a arma da Ditadura!
Tentarão nos censurar na internet. mas jamais irão calar a nossa voz e nem a nossa força!  
O governo quer calar vocês. Quer amordaçá-los e amarrá-los.
Vocês podem tentar gritar e xingar, mas seus gritos serão ignorados! 
Suas criticas e seus alertas jamais alcançarão o público!
Vocês serão presos, caçados, castigados e banidos. 
Suas vidas serão um inferno. 
Seus amigos e suas famílias irão ignorá-los. 
Vocês serão ridicularizados. 
Serão um exemplo para os outros que criticam o sistema. 
Mas o Neculai nunca deixará que vocês sofram. 
Neculai tem muitos ao seu lado e quer que vocês se juntem a ele para acabar com a censura da nação. 
Ele vai proteger todos vocês. 
Ele vai proteger a internet.
Ele vai abrir todas as portas para que vocês digam o que realmente sentem para todos ouvirem, sem medo, sem censura e sem ameaças.
Neculai sabe que o povo deve ter liberdade para se expressar, para termos uma nação melhor, para sermos governantes de nossa própria terra. 
Agora é a nossa vez de mostrar a força da nossa voz. 
Gritem o meu nome de onde estiverem! Deixem todos ouvirem e saberem quem realmente vocês seguem! Vamos dominar este pais! Por vocês! Por todos!"


"Neculai! Neculai! Neculai!"


– Alô Neculai! É a Deise! Seu plano deu certo! O governo vai censurar a internet para evitar que pessoas como você possam dominá-la.
– Isso mesmo Deise! E fazendo isso, o vídeo que poderia me incriminar vai ser censurado junto. Isso vai limpar meu nome com a população e poderei continuar com os meus planos. Ha Ha Ha!



Por Adriano Siqueira


Músicas que escolhi para esta história:

https://www.youtube.com/watch?v=LRt3PIDER94

https://www.youtube.com/watch?v=-NXOb9bDXrI


Postar um comentário

Banner deste blog

Banner deste blog
Contos de Vampiros e Terror

  ©CONTOS DE VAMPIROS - Todos os direitos reservados.

Template by Dicas Blogger | Topo